‘Caranga Fest’ terá três dias de festa e Prefeitura de Bayeux prepara grande comemoração para os 60 anos da cidade

0
224

 

 

Os 60 anos de emancipação política do município de Bayeux serão comemorados em grande estilo. É que o prefeito Berg Lima reativou a tradicional Festa do Caranguejo, o Caranga Fest 2019, e a cidade vai comemorar seu aniversário ao som de atrações renomadas nacionalmente. O evento acontece entre os dias 13 e 15 de dezembro, no Estádio Lourival Caetano, no bairro de Imaculada. Os shows começam a partir das 19h.

O prefeito Berg Lima explicou que o Caranga Fest é um evento que resgata os valores culturais do município, além de movimentar a economia local visto que turistas de cidades vizinhas vão participar da festa.

“O Caranga Fest 2019 vai ser o melhor de todos os tempos. Resgatamos a festa porque além valorizar a nossa cultura com eventos, palestra e gastronomia, vai alavancar a nossa economia com a geração de emprego e renda. Infelizmente, a oposição tenta macular a imagem da festa com fake news, mas temos a certeza que o evento será um grande sucesso e iremos fazer um grandioso evento em comemoração aos 60 anos da nossa querida Bayeux. Não tenho dúvida que todos os munícipes e também os turistas ficarão satisfeitos”, concluiu Berg Lima.

O Caranga Fest já está consolidado no calendário de eventos proporcionando entretenimento aos bayeuxenses. Para a realização da festa, a organização montou uma estrutura com banheiros químicos, socorristas, segurança e conta com o apoio da Polícia Militar.

“Quem vir curtir a festa pode vim para se divertir com responsabilidade e tranquilidade já que teremos uma segurança reforçada dentro de fora do evento. A estrutura está ficando pronta esperando pelos os bayeuxenses e visitantes da nossa cidade”, disse o prefeito Berg Lima.

Confira a programação completa do Caranga Fest 2019:

Sexta (13): Aldair Playboy, Louro Santos e Italo Imperador

Sábado (14): Walkyria Santos, Forró da Live e Roger Moreno

Domingo (15) Capim Cubano, Alberto Bakana, João Lima e Banda Nação.

 

Comentários