Sargento da PM é condenado a 18 anos de prisão por matar esposa, na Paraíba

0
188

O policial militar Damião Soares Gomes foi condenado a 18 anos de prisão por matar a ex-companheira, Jaqueline Fabrícia de Araújo, no dia 25 de janeiro de 2018, em Itaporanga, no Sertão da Paraíba. O PM foi a júri popular no Fórum Afonso Campos, em Campina Grande, na última sexta-feira (22).

Jaqueline foi morta a tiros dentro da casa onde morava. Depois de ser ferida, a vítima foi socorrida e levada para um hospital na cidade. Ela precisou ser transferida por causa da gravidade dos ferimentos, mas não resistiu e morreu no caminho.

O PM foi condenado pelo crime de homicídio triplamente qualificado. A pena deve ser cumprida, inicialmente, em regime fechado. Foi negado ao policial o direito de apelar em liberdade.

De acordo com a sentença, Damião tinha histórico de violência doméstica contra a ex-companheira. Ele está preso há pouco mais de um ano. O tempo que ele passou detido será descontado do total da pena, que ele deve cumprir.

Comentários