Corretor que matou taxista no Bessa vai à audiência: ‘Não foi incidente de trânsito, foi execução’

0
1491

O corretor de imóveis Gustavo Teixeira Correa deve ir à audiência de instrução na tarde da próxima terça-feira (26) no Fórum Criminal, localizado na Avenida João Machado, em João Pessoa. Ele é acusado de assassinar a tiros o taxista Paulo Damião no Bessa na tarde do último dia 15 de fevereiro.

A categoria está organizando um protesto no fórum. “Nós queremos que a justiça seja feita porque o companheiro estava trabalhando no seu táxi e foi assassinato covardemente. A presença de cada taxista é muito importante, posso contar com vocês”, diz uma mensagem que circula pelas redes sociais.

Relembre

Câmeras de segurança registraram toda a ação e mostram quando Gustavo passava pela rua no bando do carona de um motorista por aplicativo. A vítima está manobrando na frente de um supermercado e obriga o carro em que o corretor estava a parar, o que faz o criminoso se irritar, sair do veículo e efetuar vários disparos contra o taxista, que morreu na hora. Após o crime, ele foi andando até a sua casa, que fica a alguns metros do local.

Gustavo tinha posse de armas, mas não tinha porte, portanto não poderia andar armado e teria ingerido bebida alcoólica. Ele tinha o costume de posar ao lado de diversos armamentos nas suas redes sociais e frequentava estandes de tiros, por isso não há como provar que as armas usadas nas fotos eram dele.

Comentários