Presidente da ALPB lamenta morte de Lena Guimarães: ‘Referência no nosso jornalismo’

0
25

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado estadual Adriano Galdino, em nome de todos os deputados da Casa Epitácio Pessoa, vem a público lamentar com profundo pesar a morte da jornalista Lena Guimarães, que atuava atualmente como colunista de política do Jornal Correio da Paraíba. Lena faleceu aos 62 anos vítima de falência múltipla de órgãos, em decorrência de um câncer no pâncreas. Ela deixa um filho, Daniel Guimarães.

Por incontáveis vezes o olhar crítico e justo de Lena Guimarães jogou luz sobre o trabalho da Assembleia Legislativa da Paraíba, ora elogiando o nível de discussões e a atuação dos parlamentares, ora com uma visão crítica que fazia todos refletir sobre a honrosa e difícil missão de representar o povo paraibano.

“Lena é uma referência no nosso jornalismo. Com uma trajetória marcada pela competência, ocupou durante muitos anos a editoria geral do Sistema Correio e ainda comandou a secretária de Comunicação do Estado. Sua postura sempre crítica foi sua marca registrada, fazendo o bom jornalismo e aguçando o senso crítico da população. Fica aqui os meus sentimos a toda a família e que ela seja recebida nos braços do Pai”, resumiu.

Como prova do reconhecimento ao trabalho desempenhado pela profissional em décadas de atuação, em maio deste ano, a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) concedeu Medalha de Mérito Jornalístico a Lena Guimarães. A homenagem foi aprovada por unanimidade entre os parlamentares.

Agência ALPB

Comentários