MPPB deve investigar a contratação de suposta ‘sorveteria’ para reparos na sede da Câmara de Bayeux

0
1050
No local onde seria a sede da empresa funciona uma sorveteria, conforme consta no Google Maps

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) deve abrir investigação para apurar uma suposta irregularidade da Câmara Municipal de Bayeux, na Grande João Pessoa, na contração de uma empresa para fazer reparos na sede do legislativo municipal.

Conforme consta no Sagres do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB), no mês de agosto a Câmara, que é presidida pelo vereador Jefferson Kita, realizou um contrato sem licitação no valor de R$ 17 mil com uma construtora denominada ‘SBS Construção’.

A empresa contratada será para realizar serviços de retelhamento do prédio, restauração de calha e reparo em gesso. Ao consultar o endereço da construtora conforme o registro de pessoa jurídica, no local funciona uma sorveteria localizada em Mogeiro, no Agreste paraibano, e não a empresa, conforme consta no Google Maps de dezembro de 2018.

Vereadores questionaram a contratação de uma suposta empresa fantasma para a realização dos serviços na Câmara.

A reportagem tentou contato com a Câmara de Bayeux, mas os telefonemas não foram atendidos.

 

Comentários