Bolsonaro inaugura o maior núcleo habitacional do Brasil em Campina Grande

0
4741

O presidente Jair Bolsonaro inaugurou nesta segunda-feira (11) durante solenidade com diversos políticos paraibanos, o complexo habitacional Aluízio Campos, em Campina Grande, na Paraíba.

É a primeira vez que Bolsonaro visita a Paraíba após ser eleito. Em discurso durante a solenidade, Bolsonaro afirmou que o Nordeste “é uma parte importante” do Brasil e chamou nordestinos de “cabras da peste”.

O completo de moradias trata-se de um dos maiores núcleos habitacionais do Nordeste, com 4.100 unidades, entre casas e apartamentos.

O investimento inicial tem a participação da União com a contrapartida da Prefeitura Municipal de Campina Grande, oferecendo condições dignas aos seus a milhares de famílias que ali passarão a residir.

A entrega do Conjunto Aluízio Campos teve a data de sua entrega adiada algumas vezes, em função de se buscar compatibilizar as agendas entre as autoridades municipais e federais.

Além do grande avanço no combate ao déficit habitacional em Campina Grande, a entrega do núcleo revitaliza aquela área da cidade, visto que em seu entorno muitas atividades estão projetadas, além da extensão das linhas de transportes urbanos.

Antes do início do evento, Bolsonaro conheceu uma das casas do complexo habitacional, que é considerado um dos maiores do Nordeste – com 4.100 unidades, entre casas e apartamentos – e já conta com uma população superior a 180 municípios paraibanos.

A construção do complexo teve o investimento de R$ 300 milhões da União, além dos R$ 30 milhões investidos por parte da Prefeitura Municipal de Campina Grande. Durante a solenidade será feita a entrega dos imóveis às famílias contempladas.

Além do presidente, participam do evento o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues; o vice-prefeito de Campina Grande, Enivaldo Ribeiro; a vice-governadora da Paraíba, Lígia Feliciano; o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto; o presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes; o secretário nacional de Proteção Global do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Sérgio Queiroz; a senadora Daniella Ribeiro; os deputados federais Damião Feliciano, Efraim Filho, Ruy Carneiro e Pedro Cunha Lima; e o procurador de Justiça do Distrito Federal Eduardo de Albuquerque.

Comentários