Homem é preso em flagrante suspeito de arremessar objetos para o Presídio do Roger, em João Pessoa

0
52

As Polícias Civil e Militar apreenderam um equipamento artesanal usado para arremesso de drogas e celulares para dentro de presídios. A apreensão foi executada nesta segunda-feira (3), no entorno do Presídio do Roger, em João Pessoa, e dois homens foram presos.

Os trabalhos foram resultados de uma investigação iniciada pela Delegacia Seccional de Alhandra, no Litoral Sul da Paraíba, como explica o delegado Aneilton Castro. “Estamos com uma investigação e já conseguimos evitar homicídios no Litoral Sul. Estamos recebendo informações de que haveria essa tentativa de lançamento ao presídio na data de hoje e conseguimos apreender a pessoa com esse material. Resultado de trabalho das Polícias Militar e Civil”, declarou.

Durante a abordagem policial, um dos homens estava montando o acessório para lançar os objetos para o interior do presídio. Os policiais encontraram, com ele, duas porções de entorpecentes e dois aparelhos celulares que seriam arremetidos sobre os muros da penitenciária. Os dois homens que foram flagrados pelos policiais no momento da ocorrência foram conduzidos à Central de Polícia, no bairro do Geisel.

Um deles explicou, em depoimento, que trabalha como motorista de transporte por aplicativo e foi contratado para levar o outro homem até as imediações do Presídio do Roger.

Ele negou ter envolvimento com o crime e desconhecia a finalidade do acessório transportado em seu veículo. O motorista de transporte foi liberado, mas o outro homem, que não teve sua identidade revelada pela polícia, continuou preso.

Ele foi autuado por crime de tráfico de drogas e permanecerá na carceragem na Central de Policia até ser apresentado em audiência de custódia, nesta terça-feira (4).

Comentários