Pilotos de avião que caiu com Gabriel Diniz davam carona ao cantor, diz Aeroclube de AL

0
514

O piloto e o copiloto da aeronave que transportava o cantor Gabriel Diniz e que caiu na tarde desta segunda-feira (27) no interior de Sergipe eram diretores do Aeroclube de Alagoas. A assessoria do clube confirmou ao G1 que os dois estavam dando uma carona para o músico até Maceió, onde ele comemoraria o aniversário da namorada.

Por telefone, um outro diretor do Aeroclube, que se identificou apenas como Roberto, confirmou a identidade dos pilotos: Gabriel Abraão Farias, 27, piloto desde 2012, e Linaldo Xavier Rodrigues, que tinha 3 anos de experiência. Os dois eram comandantes.

“O Farias era muito amigo do Gabriel Diniz, e levou o Xavier para passar o fim de semana em Salvador (BA), onde encontraram o cantor [que havia feito show em Feira de Santana] e voltariam juntos para Maceió”, afirma Roberto.

Eles estavam em um avião monomotor de modelo PA-28-180, prefixo PT-KLO, fabricado em 1974 e pertencente ao Aeroclube, e que caiu no povoado Porto do Mato, em Estância, sul sergipano.

A assessoria do aeroclube informou que o avião estava com a manutenção em dia, e em perfeito estado de conservação. Por meio de nota, a entidade informou estar “à disposição dos órgãos fiscalizadores para auxiliar no que for necessário” (leia na íntegra ao final do texto).

De acordo com o registro do avião junto à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), ele era registrado para realizar apenas voos de instrução, e tinha operação negada para táxi aéreo. O aeroclube informou que o avião não era utilizado para táxi aéreo ou frete, mas poderia ser usado pelos diretores para uso pessoal.

Diniz era namorado da psicóloga alagoana Karoline Calheiros, e, após o show na Bahia, estava a caminho de Maceió para comemorar o aniversário dela. Farias teria oferecido uma carona a ele na aeronave, que acabou caindo.

As causas do acidente são desconhecidas, e serão investigadas pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Ceripa), da Aeronáutica.

Os corpos foram resgatados em uma área de mangue, de difícil acesso. Diniz foi reconhecido por amigos que estiveram no local.

Leia abaixo a íntegra da nota do Aeroclube de Alagoas:

NOTA

O Aeroclube de Alagoas, em nome de sua diretoria, em virtude do trágico acidente com sua aeronave Cherokee (PA 28) de prefixo PT-KLO, ocorrido hoje na data 27/05/2019, aproximadamente às 12h, vem a público prestar solidariedade às famílias dos ocupantes e informar que já está à disposição dos órgãos fiscalizadores para auxiliar no que for necessário.

Maceió, 27 de maio de 2019.

Aeroclube de Alagoas

Comentários