Veja como organização criminosa usava Paraíba para distribuir drogas pelo Nordeste

0
77

A Polícia Rodoviária Federal, em conjunto com a Polícia Civil, realizou na noite desta segunda-feira (20) uma operação onde foram apreendidos mais de dois milhões de maços de cigarros contrabandeados (a maior apreensão da história no Nordeste), além de cerca de oitocentos comprimidos de anfetamina, bebidas e uma arma.

“Sabíamos que era uma grande organização, mas não tanto. Todos os seis presos são do Ceará, eles utilizavam a Paraíba como polo central de comercialização e armazenamento. Daqui eram transportados para outros estados, como Rio Grande do Norte e Ceará, além de outros municípios paraibanos”, contou Keila Melo, da assessoria da PRF.

A assessora ainda explicou como o material era distribuído: “os criminosos utilizavam a prática de batedores, onde outras pessoas iam na frente em carros regularizados verificando se havia fiscalização da polícia, mas as instituições de segurança pública mostraram que essa inteligência para o crime em algum momento vai esparrar no nosso trabalho”.

Comentários