Intransigência sexual impede ex-deputado de se filiar ao novo partido

0
46

O ex-deputado federal Walter Brito Neto está encontrando dificuldades para ser aceito no Rede Sustentabilidade na Paraíba. A direção do partido em Campina Grande teria negado a filiação do primeiro parlamentar com mandato cassado por infidelidade partidária do país, alegando divergências de posicionamento em alguns temas. Walter Brito nega e diz que, oficialmente, o partido ainda não se manifestou.

– A partir de um relatório que será enviado para Nacional é que será tomada uma decisão. Não há definições ainda.
Ele acrescenta que a dificuldade estaria nas posições que manifesta em defesa do Estatuto da Família, que tramita na Câmara dos Deputados, e contra a identidade de gênero. Contudo, informações não-oficiais sustentam que o impasse estaria na intenção do Rede em manter uma aliança com Romero Rodrigues (PSDB), em Campina Grande, enquanto o ex-deputado sonha em ser candidato a prefeito.

 

Outra vertente defende que os pronunciamentos de Brito contra homossexuais, travestis e transexuais ainda repercutem negativamente contra o ex-deputado, que foi o primeiro do Brasil a ser cassado por infidelidade partidária. As informações são do ParlamentoPB.

Comentários