Trinta quilos de maconha são apreendidos após ser acionada por causa de choro de criança na Paraíba

0
1078

Uma adolescente de 16 anos foi apreendida após a Polícia Militar encontrar 30 kg de maconha na casa onde ela estava, no bairro Três Irmãs, em Campina Grande, no Agreste da Paraíba. As apreensões foram feitas neste sábado (11).

Os policiais da Rotam e da Força Tática do 2º Batalhão de Polícia Militar (BPM) receberam uma denúncia de que havia uma criança chorando sem parar em uma casa no bairro e, durante as buscas, encontraram a residência e uma menor de 16 anos de idade, mãe da criança.

“Constatamos que embora o menino de três anos de idade estivesse chorando, estava bem e sem sinais aparentes de agressão ou maus tratos, mas sentimos um forte cheiro de substância semelhante à maconha, o que levantou nossa suspeita”, explicou o sargento J. Silva, da equipe das Rondas Ostensivas Táticas com Apoio de Motocicletas (Rotam).

As equipes policiais encontraram três sacos grandes e dois tabletes de maconha em um cômodo da casa. A PM continuou o trabalho e também localizou uma prensa hidráulica, quatro balanças de precisão, e farto material usado para fracionamento e distribuição da droga, como tesoura, faca, fita adesiva e pequenas sacolas de plástico.

O conselho tutelar e a mãe da adolescente foram informados e acompanharam a menina durante a condução à Central de Polícia, no bairro do Catolé.

A suspeita é que os entorpecentes iriam abastecer as bocas de fumo da região e a PM continuou as buscas por outros suspeitos que podem estar envolvidos com as drogas apreendidas.

Comentários