Júri de policiais acusados de duplo homicídio na Paraíba é dissolvido e julgamento tem nova data

0
82

O júri dos dois policiais acusados de duplo homicídio na cifade de Santana de Mangueira, na Paraíba, foi dissolvido nesta quinta-feira (9), por causa da ausência de uma testemunha arrolada no processo. Segundo o magistrado, um novo julgamento será realizado no próximo dia 24 de maio.

Francisco Renato Pereira Júnior e José Alênio Leal Bezerra, policiais civil e militar respetivamente, ambos naturais do Estado do Ceará, são os principais acusados das mortes de Carlos Batista Pereira e Cícera Pereira da Silva, crimes praticados no dia 23 de abril do ano de 2010, na rua Antônio de Sousa Mangueira, na cidade de Santana de Mangueira, localizada na região do Vale do Piancó.

Segundo o Ministério Público, o crime foi praticado por encomenda, mas o suposto mandante não foi identificado, durante as investigações.

Várias testemunhas foram ouvidas nesta quinta-feira (9) e o que elas disseram valerá para a continuidade do julgamento.

Um novo sorteio escolherá a nova mesa julgadora da pauta.

Comentários