Tribunal de Justiça mantém prisão do empresário Roberto Santiago, dono do Manaíra Shopping

0
808

A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba negou, na manhã desta terça-feira (7), Habeas Corpus ao empresário Roberto Santiago, preso na Operação Xeque Mate que investiga crimes contra a administração pública em Cabedelo, na Grande João Pessoa.

Dos cinco desembargadores, três votaram contra a soltura do empresário que está preso desde o dia 22 de março na sede do 1º Batalhão de Polícia Militar, no Centro da Capital paraibana, mas deverá ser transferido para um dos presídios de João Pessoa nos próximos dias.

Os desembargadores que votaram pela continuidade da prisão preventiva dele foram: Ricardo Vital, João Benedito e Arnóbio Alves Teodósio.

Comentários