Operação do Exército realiza fiscalização para combater comércio ilegal de armas e munições

0
47

O Exército Brasileiro promove a partir desta terça-feira (9) a Operação Alta Pressão VIII que objetiva fiscalizar o comércio de armas de fogo, munições e insumos, em lojas e clubes de tiro cadastrados junto ao Exército. Na Paraíba pelo menos 24 empresas de venda e manutenção de armas e munições serão fiscalizadas .

Dez equipes de militares estão empregadas na ação, que também acontece no Rio Grande do Norte, com 16 empresas fiscalizadas. A ação é realizada pelo Sistema de Fiscalização de Produtos Controlados – SisFPC e tem como meta evitar ou coibir o cometimento de ilícitos com o uso desses produtos controlados.

As equipes do Serviço de Fiscalização de Produtos Controlados do 71º Batalhão de Infantaria Motorizado, sediado em Garanhuns, em Pernambuco, e do 15º Batalhão de Infantaria Motorizado estão participando da operação, juntamente com os órgãos de segurança e ordem pública de João Pessoa e do interior da Paraíba, fiscalizando várias empresas que comercializam armas de fogo e munições.

Na Alta Pressão VII em outubro de 2018, foram apreendidas 41.288 munições, 1.135 armas de fogo, 172 armas de pressão entre elas 22 airsoft e duas lunetas de uso restrito em todo o país. Ao todo, 95 empresas foram autuadas por irregularidades administrativas no trato com Produtos Controlados pelo Exército (PCE).

Comentários