Homem que tentou matar esposa com socos e chutes vai para o Presídio do Roger, em João Pessoa

0
64

O homem suspeito de agredir a companheira durante três horas teve a prisão mantida e foi encaminhado para a Penitenciária Desembargador Flósculo da Nóbrega, o presídio do Róger, em João Pessoa, após audiência de custódia realizada nesta terça-feira (26). Depois das agressões, a vítima ficou desacordada por três dias.

As informações foram repassadas pelo 2º Tribunal do Júri, onde a audiência foi realizada. De acordo com a Polícia Civil, o homem é suspeito de violência doméstica e feminicídio.

O caso aconteceu no dia 11 de fevereiro, quando o home deu murros, chutes e bateu a cabeça da vítima contra a parede. No dia 14 do mesmo mês, a Delegacia da Mulher foi informada sobre a situação e enviou uma equipe para apurar as informações.

Constatada a violência doméstica e tentativa de feminicídio, a vítima foi até a delegacia da mulher e prestou depoimento. A Polícia Civil também esteve na casa do casal, onde o crime teria acontecido, e encontrou várias marcas de sangue e o local revirado. Ainda no dia 14 de fevereiro, a delegada pediu a prisão preventiva do suspeito e a Justiça deferiu.

Durante a prisão, nesta segunda-feira, o suspeito contou à polícia que agrediu a companheira para se defender, porque ela estava com uma faca na mão. “Ela bebeu demais, falou que eu tinha pego um dinheiro [dela], pegou uma faca para me agredir, eu peguei um pau e foi isso que aconteceu. Para me defender da faca, eu bati”, disse.

Com G1

Comentários