Velório de advogado é interrompido e corpo é levado para exame cadavérico em João Pessoa

0
3261

A Polícia Civil interrompeu o velório do advogado Werton Soares na noite dessa quinta-feira (15) e pediu a perícia cadavérica. De acordo com a delegada de Homicídios, Vanderleia Gadi, o procedimento feito em Werton não foi feito da forma correta.

A delegada conta que o caso deve passar pela Polícia, o que não aconteceu. Segundo ela, mesmo sendo ‘morte natural’, o corpo deve ser enviado para o Serviço de Verificação de óbito,e se houver alguma suspeita sobre a causa da morte, é encaminhado para o IML.

Segundo Vanderleia, a polícia também recebeu ligações denunciando o atendimento que Werton recebeu no local.

“Eu acho por bem, por cautela, encaminhar corpo para fazer os exames cadavéricos”, afirma. O corpo também vai passar por exame toxicológico.

Werton faleceu na tarde dessa quinta-feira (14). Ele estava no Shopping Tambiá, no Centro de João Pessoa, quando, segundo o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, sofreu um infarto e não resistiu.

Com Mias PB

Comentários