Eurico Miranda, ex-presidente do Vasco morre aos 74 anos

0
105

O mais icônico dirigente do Vasco saiu de cena nesta terça-feira. Eurico teve piora no seu quadro de saúde e já não conseguia se alimentar nesta terça-feira. Ele foi conduzido de ambulância para o hospital, mas nao resistiu. Aos 74 anos, Eurico Miranda morreu em um hospital na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, vítima de câncer no cérebro. Atualmente, ele estava no cargo de presidente do Conselho de Beneméritos do clube. Ele deixa quatro filhos.

Nos últimos meses, Eurico não fez aparições públicas. Seu estado de saúde se agravou, inclusive com dificuldade para se alimentar. De ambulância, ele foi levado ao hospital na manhã desta terça. Lá não resistiu e morreu no início da tarde.

Em novembro, numa reunião do Conselho Deliberativo, já bastante debilitado, precisou de ajuda para se levantar e puxar o grito de Casaca, uma tradição do Vasco à qual se habituou a liderar.

O câncer que acometeu Eurico Miranda afetou a bexiga, o pulmão e na fase mais aguda atingiu também o cérebro.

Mais influente dirigente do Vasco, Eurico Miranda comandou o clube até o início de 2018. Ele já teve trajetória vitoriosa, quando conduziu a entidade em títulos brasileiros e também na Libertadores de 1998, mas ultimamente vinha sendo bastante contestado pela falta de títulos e também pelo caos financeiro da instituição.

Comentários