Gás de cozinha sobe mais uma vez e custará R$ 75 em João Pessoa, a partir deste sábado

0
65

 A semana do feriadão de carnaval termina com uma notícia nada animadora para os consumidores paraibanos. A partir deste sábado (9) quem for comprar o botijão de gás GLP (13 kg) já vai pagar mais caro.

Atualmente, na maioria dos postos de venda, o preço praticado é de

R$ 70,00. Com o aumento, será vendido em média a R$ 75,00.  O valor poderá variar entre os pontos de revenda, por causa da livre concorrência. Dessa vez, segundo a direção do SINREGÁS – PB, esse valor corresponde a retirada do desconto financeiro por parte das Companhias de Gás, aumento de impostos e ainda mais um percentual de reajuste anunciado pela Petrobrás. Aliás, esse é o segundo do ano, já que em fevereiro a Petrobrás aplicou um aumento de R$ 0,51 ao produto, mas, que foi incorporado pelas revendas autorizadas.

 

A decisão das Companhias de retirar o desconto, acontece sempre com a instabilidade do mercado financeiro e o valor desse desconto varia de

R$ 2,50 a R$ 5,00. Sendo assim, para não comprometer ainda mais a margem de lucro, as revendas resolveram repassar, somando ao preço final do botijão. 

O presidente do Sinregás – PB – Sindicato dos Revendedores de Gás GLP da Paraíba Marcos Antônio Bezerra, explicou que não houve comunicado prévio oficial da Petrobrás, nem mesmo das Companhias, “Assim como os consumidores, fomos surpreendidos com novo aumento e a retirada do desconto. Dessa vez, não temos condições de incorporar aos custos” disse ele.

O novo valor vale para toda a Paraíba. Na área da grande João Pessoa, o número de pontos de venda chega a 500 estabelecimentos comercias. Somente na capital, são quase 300 postos de revenda devidamente autorizados pela ANP – Agência Nacional de Petróleo.

Comentários