Governador comenta homicídio nas ‘Virgens’: ‘pessoas mal intencionadas, em ato isolado’

0
51

O governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB), comentou a respeito do homicídio ocorrido durante o desfile do bloco Virgens de Tambaú, na madrugada desta segunda-feira (25). Em coletiva, João alegou que a Segurança Pública tem um projeto de acompanhamento do carnaval, mas que ainda assim “pessoas saem mal intencionadas de casa e, em ato isolado, provocam uma tragédia como essa”.

João pediu também que os foliões que vão continuar brincando o carnaval, saiam de casa não só com os espíritos desarmados, mas também sem arma nenhuma, lembrando que pessoas que não tinham relação com a discussão poderiam ter se ferido também. As investigações a respeito do caso continuam.

“A polícia está atenta, esperamos que no carnaval esse ano as pessoas saiam de casa com o espírito desarmado e também sem nenhuma arma, por isso defendemos claramente que o armamento da população não vai resolver o problema da segurança, mas piorar. A polícia está atenta, a Segurança montou um grande esquema para o carnaval e vamos torcer para os números serem menores”, disse.

Muriçocas – O governador também lamentou as mudanças no bloco Muriçocas do Miramar. “É uma pena se isso efetivamente acontecer, o bloco faz parte do carnaval da cidade, da cultura da Paraíba”, disse, alegando que não foi procurado pela direção do evento e não sabe os motivos que levaram o bloco a tomar essa decisão.

Com Paraíba.com

Comentários