Buega Gadelha nega qualquer ato ilícito: “Não tenho consciência do que fui acusado”

0
206

O presidente afastado da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep), Francisco Benevides Gadelha, mais conhecido como Buega Gadelha, concedeu uma entrevista coletiva no fim da tarde desta quinta-feira (21) sobre sua prisão, ocorrida na última terça-feira (19), no âmbito da Operação Fantoche, da Polícia Federal com a colaboração do Tribunal de Contas da União (TCU).

Ele negou envolvimento em qualquer ato ilícito e disse que não tem ainda consciência do que foi acusado.

“Não tenho consciência do que fui acusado. Fui ouvido e depois me dirigi à superintendência de polícia, passei por audiência de custódia e fiz exame de corpo de delito no IML”, disse Gadelha.

“Essas coisas aconteceram assim com uma rapidez impressionante”, disse ele.

Buega afirmou que não foi afastado da Fiep, mas do Sesi. Ele também disse que vai tirar uma licença de 15 dias porque todos os órgãos do sistema S ficam no mesmo prédio.

Com Click PB

Comentários