Governo cria força tarefa de combate a crimes contra instituições bancárias

0
68

A Secretaria de Estado da Segurança e Defesa Social criou uma força tarefa de enfrentamento aos crimes patrimoniais, especialmente os cometidos contra instituições bancárias e empresas de transporte de valores. Essa foi uma das medidas anunciadas pelo secretário Jean Nunes ao assumir a pasta este ano.

Na portaria de criação, o secretário argumenta que o registro de ocorrências e a necessidade de análise conjunta do
mapeamento de algumas modalidades de crimes contra o patrimônio, especialmente furtos por meio de explosões e arrombamentos de instituições bancárias e de terminais de auto-atendimento, bem como de roubos a empresas e veículos de transportes de valores no Estado da Paraíba são motivos para criação da força tarefa.

Ele cita ainda que existe a premente necessidade de se criar novas estratégias de prevenção e repressão a estes tipos de crimes na Paraíba. A força tarefa será responsável por planejar ações de prevenção, inteligência policial e repressão de forma integrada, além da articulação com representantes de instituições públicas e privadas interessados na matéria, na condição de convidado/conveniado, para propor outras estratégias para o enfrentamento.

A força tarefa será presidida pelo secretário Jean Nunes e contará ainda com o secretário executivo de segurança, comandante geral da Polícia Militar, delegado geral da Polícia Civil e comandante do Grupo Tático Aéreo, por exemplo, além da Polícia Federal e Rodoviária Federal na condição de convidados.

Comentários