Advogados pedem à Justiça que corretor que matou taxista seja levado para o Presídio do Roger, em João Pessoa

0
409

Os advogados do Sindicato dos Taxistas vão pedir a Justiça que o corretor Gustavo Teixeira Correia, 42 anos, seja transferido para o Presídio do Roger e não fique mais no 5º BPM.  

À imprensa, um dos advogados disse que Gustavo concluiu o curso superior de Tecnologia em Gestão Hospitalar, mas ainda não tem diploma. A faculdade falou que ainda está nos trâmites e, por isso, o corretor ainda não é portador do diploma de conclusão do curso. O advogado falou que, segundo a Lei, só quem tem direito a prisão especial quem já é diplomado.

Gustavo iria para o Presídio do Roger, mas como a esposa apresentou um certificado de curso superior, o juiz determinou que ele fosse para prisão especial no 5º BPM.

O corretor teve a prisão preventiva decretada na tarde deste sábado (16) durante audiência de custódia. Ele matou o taxista Paulo Damião por causa de uma manobra feita pelo taxista para ter acesso a uma vaga de estacionamento no bairro do Bessa, na Capital, nessa sexta (15). 

Comentários