Trio suspeito de mais de 16 assaltos a estabelecimentos comerciais de João Pessoa é preso e prejuízo chega a R$ 150 mil

0
539

A Polícia Civil da Paraíba prendeu três pessoas suspeitas de integrarem um grupo criminoso que praticava roubos a estabelecimentos comerciais de João Pessoa. A ação faz parte da Operação Rapina e foi executada dando cumprimento a mandados judiciais, na manhã desta quinta-feira (31). Um dos presos é um cadeirante. Um carro adaptado usado por ele nos crimes foi apreendido. 

De acordo com Braz Morrone, titular da Delegacia de Roubos e Furtos, os suspeitos, dois homens e uma mulher, faziam um estudo prévio sobre os locais que iriam assaltar.

“Eles analisavam toda a sistemática das empresas e dos estabelecimentos comerciais, e no momento da saída dos proprietários, abordavam e subtraíam as mercadorias. Esse grupo estava dia sim, dia não realizando assaltos”, explica ele.

Ainda segundo o delegado, entre setembro de 2018 e janeiro de 2019 a quadrilha efetuou 16 assaltos, causando um prejuízo estipulado em R$ 150 mil.

Na casa de um dos criminosos foram apreendidas uma arma e uma máscara, que era utilizada pelos bandidos para esconder o rosto durante os roubos. A polícia ainda recuperou um veículo e materiais eletrônicos roubados.

Todo o material encontrado e os suspeitos presos foram conduzidos à Central de Polícia Civil da capital.

com t5

Comentários