Raniery revela insatisfação no PMDB

0
36

O deputado Raniery Paulino fez uma espécie de desabafo sobre as desavenças que estão ocorrendo dentro do PMDB da Paraíba, mas se diz partidário e prefere que o diálogo prevaleça até que se chegue a um denominador.

Para ele, é preciso que se esgotem todas as vias do diálogo antes que qualquer informação possa ser levada à imprensa. O deputado disse que prefere levar as suas ideias para dentro do partido e não antes para a mídia como lamentavelmente ocorre não só com o PMDB, mas com outros partidos.

“Eu tenho meus conflitos dentro do partido e estou, inclusive, passando por dificuldades tremendas em dois municípios como Rito Tinto e Itapororoca, mas não estou ameaçando sair do partido. Vou rever algumas posturas. Eu sempre fui do PMDB”, disse.

O deputado lembrou que é tão partidário que em 2002 quando tentaram o impeachment de José Maranhão, da Direção do PMDB na Paraíba, ficou do lado dele por achar que o senador era então o melhor nome para presidir o partido como ainda é uma grande referência para todos.

Sobre os rumores da desfiliação dos deputados Gervásio Maia, Trócolli Júnior e Veneziano Vital do Rêgo, o deputado não acredita que isso venha a ocorrer. Ele disse que tem tentado buscar conciliar os interesses dentro do PMDB, apesar de ele próprio se sentir prejudicado.

“Existe o tensionamento, mas não seria o caso. Eles são companheiros extraordinários. Gervásio e Trócolli foram corretíssimos com o PMDB em 2014. E eu busco o fortalecimento do nosso partido, mas acho que nós temos que esgotar todas as vias de diálogo. É isso que eu tenho colocado, mas é preciso que cada um dê um passo à frente”, enfatizou.

com Paraíba Online

Comentários