Trio é preso com carga ilegal de cigarro e vodka avaliada em quase R$ 1 milhão na Paraíba

0
559

Uma carga de bebidas e cigarros avaliada em R$ 1 milhão foi apreendida nessa quinta-feira (17) pela Polícia Civil  na BR-230, no Sertão do estado. Os produtos seriam comercializados na cidade de Cajazeiras e região. Três homens foram presos.

Os suspeitos estavam sendo investigados há pelo menos dois meses. Nessa quinta, o Grupo Tático Especial (GTE), sob a coordenação do delegado seccional de Cajazeiras, Glauber Fontes, prendeu inicialmente Emerson Alexandre Félix, 25 anos, que, no momento da abordagem, dirigia uma Van, carregada de cigarros e bebidas sem nota fiscal.

Ainda segundo o delegado, as diligências prosseguiram e os agentes do GTE conseguiram localizar o depósito onde a mercadoria era armazenada na zona rural do município de Marizópolis.

“Ao chegarem ao local, os policiais civis se depararam com uma enorme quantidade de cigarros e várias caixas de vodka. Para o transporte da carga foram necessários dois caminhões. A carga de bebidas foi avaliada em R$ 290 mil, já a de cigarros R$ 600 mil reais, totalizando quase o valor de R$ 1 milhão”, disse o delegado.

Além de Emerson, foram presos durante a operação Manoel Messias Rufino Rodrigues, 44 anos, e  Fernando da Silva Duarte, 31 anos. O trio foi autuado pelos crimes de descaminho e contrabando.

“Concluídos os procedimentos policiais eles foram encaminhados ao Presídio Padrão de Cajazeiras. Esse tipo de delito, praticado pelo particular contra a Administração Pública, apesar de não ser violento, causa prejuízos significativos ao Erário público, além de proporcionar o cometimento de vários outros crimes, a exemplo dos delitos de corrupção ativa e passiva”, explicou delegado Glauber Fontes.

Comentários