Cabo condenado pela justiça a 13 anos de reclusão é expulso da Polícia Militar

0
135

Um cabo da Polícia Militar da Paraíba foi expulso da corporação por diversas transgressões disciplinares durante o ofício. De acordo com a publicação do Diário Oficial desta quinta-feira (17) o policial foi condenado em 13 anos de reclusão por atirar e matar um suspeito de tentativa de homicídio, em abril de 2009.

Segundo a publicação, o militar foi excluído em razão de ter praticado condutas que afrontaram a honra pessoal, o pundonor e a ética policial militar, assim apurou o Conselho de Disciplina.

O profissional foi condenado pela 1ª Vara da Comarca de Queimadas por ter, em 2009, no Sítio Serrote Preto, no município de Fagundes, quando se encontrava de serviço, e ao atender uma ocorrência policial de tentativa de homicídio com utilização de arma branca. O policial efetuou um disparo de arma de fogo que atingiu o homem e o levou à óbito, tendo sido constatada a impossibilidade de defesa, conforme sentença condenatória emitida pelo Tribunal de Justiça do Estado.

O cabo fazia parte do 2º Batalhão da Polícia Militar e estava na corporação há 29 anos.

Com T5

 

Comentários