Cobrador é preso após empresa de ônibus descontar e não repassar valor de pensão para filha

0
158

Um cobrador da empresa Mandacaruense, em João Pessoa, foi preso na manhã desta sexta-feira (11) por não pagar pensão alimentícia para a filha.

O fato é que a empresa estava descontando R$ 330 todos os meses do salário dele, mas não repassava o dinheiro para a ex-mulher.

Por não receber o valor durante meses, a mãe acionou a justiça que determinou a prisão preventiva do cobrador. Ele está na Central de Polícia da Capital e vai passar por audiência de custódia ainda nesta sexta.

A Polícia Civil informou que apenas cumpriu o mandato, mas só quem pode determinar a soltura dele é a justiça após a quitação do débito.

A reportagem tentou contato com a empresa, mas os telefones não foram atendidos.

PB HOJE

Comentários