Famílias de Alhandra são cadastradas no maior programa municipal de transferência de renda da Paraíba

0
77

A Prefeitura de Alhandra iniciou nesta segunda-feira (07) as inscrições para o maior programa municipal de transferência de renda da Paraíba, o “Mais Renda”. O prefeito Renato Mendes acompanhou todo o processo de inscrição totalmente informatizado, com dados e foto do cadastrado transmitidos online para o banco do programa.

Os atendimentos de hoje foram direcionados a quem tem o número final do NIS 1. Uma equipe da Secretaria de Bem Estar Social atende das 8h às 13h no ginásio da Escola Zélia Correia do Ó.

A partir desta terça-feira (08) outra equipe estará realizando os cadastros no distrito de Mata Redonda.

“Hoje eu só tenho que agradecer a Deus por implantar em Alhandra esse importante programa de transferência de renda, idealizado por mim, e planejado pela secretária de Bem Estar Social, Fabiana Lins e sua equipe. Agradeço aos vereadores que aprovaram essa Lei, que contemplará inicialmente mil famílias que realmente precisam. Nosso objetivo é que esse auxílio beneficie 3 mil famílias até o final do nosso mandato. Então, o momento é de agradecimento. Tranquilizo a cada um, pois aqui não existirá nenhum tipo de politicagem, nenhum tipo de injustiça, o programa é uma Lei Municipal e temos que obedecer os critérios dessa lei. Fica aqui mais um compromisso de campanha honrado e continuarei trabalhando para cuidar dos que mais precisam”, afirmou Renato Mendes.

O atendimento aos interessados vai seguir um calendário para inscrições no programa com base no Número de Identificação Social (NIS). O ‘Mais Renda’, será coordenado pela Secretaria de Bem Estar Social e de acordo com a secretária Fabiana Lins, tem o objetivo de promover a inclusão social de famílias extremamente carentes e que estão em risco ou vulnerabilidade social.

Para se cadastrar é necessário os seguintes documentos: cópias do RG, CPF e comprovante de residência, declaração de tempo de acompanhamento da UBS (Unidade Básica de Saúde), além do NIS atualizado.

As famílias irão receber um atendimento multidisciplinar que engloba saúde, educação, qualificação profissional e o cartão “Mais Renda”, cujos valores serão depositados mensalmente, ficando a critério do Poder Executivo autorizar o aumento do número de beneficiários, conforme disponibilidade orçamentária.

Inicialmente, o programa ‘Mais Renda’ será implantado para beneficiar cerca de mil famílias carentes da cidade e terá características de um Bolsa Família onde as pessoas que terão a oportunidade de se cadastrarem devem estar inseridas na lista de espera do programa do Governo Federal ou no cadastro único para programas sociais (Cadúnico), serem atendidas ou acompanhadas pelos equipamentos públicos municipais de Assistência Social, residirem no município há pelo menos um ano, possuírem renda per capta de até 20% do salário mínimo, dentre outros itens exigidos pela Lei Municipal encaminhada pelo executivo e aprovada pelo poder legislativo alhandrense.

 

Comentários