Pizzaria afirma em nota que policial não integra quadro de funcionários

0
865

Em nota divulgada na manhã desta quinta-feira (13) a pizzaria do Paulista negou que o autor dos disparos contra clientes do estabelecimento na noite de ontem (12) seja segurança da pizzaria.

“O autor dos disparos foi identificado como Policial Militar e, conforme declaração do seu irmão perante a autoridade policial, havia ido ao estacionamento que fica ao lado da Paulista para pegar uma motocicleta, momento em que suspeitou que as vítimas fossem praticar um assalto e atirou”, diz a nota.

Ainda na nota a Paulista diz que está colaborando com a investigação e presta solidariedade aos familiares e amigos das vítimas.

Veja íntegra da nota:

“A Paulista vem a público prestar solidariedade aos familiares e amigos das vitimas da fatalidade ocorrida na noite do dia 12 de Dezembro, em frente ao seu estabelecimento. Esclarece que todas as informações necessárias para elucidação do fato foram repassadas à Polícia Civil, inclusive as imagens do circuito de câmeras que comprovam que o autor dos disparos não é segurança da Paulista. O autor dos disparos foi identificado como Policial Militar e, conforme declaração do seu irmão perante a autoridade policial, havia ido ao estacionamento que fica ao lado da Paulista para pegar uma motocicleta, momento em que suspeitou que as vítimas fossem praticar um assalto e atirou. A Paulista sempre primando pelo bom atendimento a seus clientes, está à disposição de todos para quaisquer esclarecimentos.”

Comentários