Defesa de Myriam Gadelha vai pedir prisão do prefeito de Sousa por agredir namorada

0
181

A defesa da advogada Myriam Gadelha deverá pedir a prisão do prefeito da cidade de Sousa Fábio Tyrone, após as agressões cometidas contra ela. Em entrevista ao ClickPB, o advogado Rinaldo Mouzalas, que representa Myriam, declarou que vai buscar agilizar o processo para culminar na prisão de Tyrone.

“Estamos movimentando a ação penal para que ela tramite o mais rápido possível e possa no final ser apurada essa situação e ele ser condenado pelo ato que praticou”, declarou Mouzalas.

Ele explicou ainda que Myriam se precipitou no pedido de medida protetiva e não requisitou a prisão do agressor. No entanto, a defesa irá agora pedir a prisão do prefeito junto ao Ministério Público.

O caso deverá ser decidido pelo Tribunal de Justiça da Paraíba, já que Fábio Tyrone possui foro privilegiado por ocupar o cargo de prefeito. O processo ainda será distribuído para um desembargador para fazer a relatoria.

Myriam protocolou junto ao Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) uma medida protetiva, que foi concedida pelo desembargador Ricardo Vital de Almeida. Posteriormente ela fez um boletim de ocorrência na delegacia da mulher.

No pedido de medida protetiva, Myriam informou que foi agredida duas vezes, sendo a primeira em São Paulo e a segunda em João Pessoa. Na última quinta-feira (06) em João Pessoa, o casal estava em uma festa e Myriam relatou que Fábio Tyrone iniciou uma briga.

O prefeito de Sousa teria acusado a namorada de beber e conversar com várias pessoas no local da festa. No caminho para casa, a discussão se intensificou e Fábio Tyrone teria dado tapas no rosto de Myriam, além de ter feito vários xingamentos. Ele ainda a empurrou no chão e iniciou uma sequência de chutes.

O desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba, Ricardo Vital de Almeida, concedeu medida protetiva e determinou que Fábio Tyrone mantenha distância de 300 metros da ex-namorada. Além disso, ele foi impedido de manter qualquer contato com ela, seja físico ou virtual.

Comentários