Lúcia Braga volta a política, mas não será candidata, afirma presidente do PDT

0
70
O casal Wilson e Lúcia Braga anunciaram o retorno ao PDT presidido pelo deputado Damião Feliciano na Paraíba. Contudo, o presidente negou que a filiação de Lúcia seja por motivo de candidatura na cidade de Cabedelo.
Feliciano garantiu que a volta de Lúcia e do marido, Wilson, à sigla é um motivo de alegria para a agremiação, mas declarou que os planos dela não incluem Cabedelo, onde o comando partidário está a cargo do ex-prefeito José Régis e da esposa, Neide.
“Em Cabedelo, Zé Régis deve ser o candidato. Ou ele ou a esposa, Neide. Eles têm nosso aval para a disputa. Lúcia Braga deve ser candidata a vereadora em João Pessoa. Ela não disputará a prefeitura de Cabedelo porque o partido tem um acordo com Zé Régis e vai mantê-lo”, declarou.
O retorno do casal Braga ao PDT foi articulado com a ajuda do empresário e advogado Rui Galdino. As informações foram veiculadas pelo Parlamentopb.

Comentários