Protestos contra Dilma não superam expectativa na Paraíba

0
36

A expectativa era de 6 mil pessoas, mas o protesto anti Dilma realizado nas duas principais cidades da Paraíba, João Pessoa e Campina Grande, atraiu pouco menos de 1,5 mil manifestantes.

Segundo estimativa da Polícia Militar, só na Capital, foram contabilizadas cerca de 800 pessoas. Já em Campina Grande os números não chegaram sequer a 500 manifestantes, ficando muito aquém do esperado.

Na Capital, os manifestantes iniciaram uma caminhada na Avenida Epitácio Pessoa sentido orla marítima. Lá utilizaram carros de sons, apitos e placas, com dizeres: “Fora Dilma, fora PT”

Em Campina Grande as manifestações foram realizadas às margens do Açude Velho, no Centro.

Os organizadores esperavam que pelo menos seis mil pessoas aderissem ao movimento na Paraíba, mas o número não foi alcançado

A manifestação popular pediu a saída da presidente Dilma Rousseff da Presidência da República e o fim da corrupção no Brasil.

Manifesto anti-Dilma é tímido em João Pessoa; dos seis mil esperados, apenas 200 comparecem

O protesto anti-Dilma em João Pessoa, Capital da Paraíba, começou bastante tímido na tarde deste domingo (16). Por volta das 15h menos de 200 pessoas estavam concentradas na Avenida Epitácio Pessoa, nas proximidades do grupamento de Engenharia, onde a concentração foi agendada.

Os primeiros populares chegaram vestidos a caráter, com blusas com as cores do Brasil, faixas com dizeres “fora Dilma, fora PT” e alguns poucos carros de sons.

A expectativa da organizaão é que até as 16h esse número quadruplique.

Minutos depois os manifestantes iniciaram a descida pela Epitácio, de onde seguem, em caminhada, até o Busto de Tamandaré, na Orla.

Lá eles devem encontrar outro ponto da manifestação.

A organização do evento prevê um comparecimento de mais de 6 mil pessoas, somando João Pessoa e Campina Grande.

Em todo o país, cerca de 270 cidades participam das manifestações. As informações são do PB Agora.

Comentários