Fuba critica “clima de ódio” e ressalta Políticas Públicas do Governo Federal

0
34

Na noite desta quinta-feira, 7, após a exibição do programa do Partido dos Trabalhadores (PT) ir ao ar em Rede Nacional, manifestações de ódio ocuparam as Redes Sociais. O vereador Fuba (PT) ressaltou que esse clima deve ser visto com muito cuidado pela sociedade: “O que atualmente está acontecendo no nosso país é algo que precisa ser visto com muito cuidado. Algumas pessoas estão passando a linha tênue que divide o respeito ao próximo e o direito de expressar os seus descontentamentos”.

 

O parlamentar explicou que é preciso entender, e aceitar, que o Brasil avançou nos últimos doze anos, e que isso não pode ser ignorado: “Podemos estar agora passando por uma crise, que acredito ser em menores proporções do que é anunciado pela grande mídia, mas parte da sociedade precisa compreender que o nosso país cresceu em vários aspectos, e mais, diversas Políticas Públicas alcançaram as pessoas que mais precisavam de apoio do poder público”.
Fuba, que está no seu segundo mandato como vereador de João Pessoa, elencou algumas realizações do Governo Federal que, segundo ele, precisam ser levadas em consideração antes de qualquer atitude ofensiva e violenta contra um governo eleito democraticamente. “Temos o melhor programa de habitação do mundo. O ‘Minha Casa, Minha Vida’ tirou pessoas de casas de taipa, casas de papelão, de localidades sem saneamento ou condições dignas de moradia. Em dez anos, a pobreza no Brasil caiu mais de 55%. No Nordeste a renda cresceu 72,8%, e entre aqueles que se consideram negros, o aumento de renda foi de 66,3%. O Mais Médicos levou mais de 18 mil médicos para todo o Brasil, beneficiando cerca de 63 milhões de pessoas”.

“Temos o entendimento de que ainda podemos melhorar, e sou otimista. O que está errado precisa ser corrigido, mas não podemos ignorar o que já foi feito. As pessoas melhoraram de vida, e isso não foi algo que veio do nada. Foi um trabalho que surgiu através do PT, através de uma política pensada para quem mais precisa, e esse objetivo foi alcançado”, finalizou.

Comentários