Ministério Público inclui Hugo Motta em esquema de desvios recursos

0
42

O Ministério Público de Pernambuco denunciou a Justiça um suposto esquema envolvendo empresas de locação de veículos. A empresa KMC Locadora, registrada na cidade de Itapetim, no Sertão do Pajeú, teria realizado contratos fraudulentos envolvendo a Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste, a 190 km do Recife.

No decorrer das investigações, os promotores pediram a quebra do sigilo bancário da KMC Locadora e dos seus sócios, descobrindo uma ligação financeira com a empresa RM&MC Locações. As duas, inclusive, participavam das mesmas tomadas de preço em contratos com o poder público.

Um detalhe que chamou a atenção dos promotores é que de fevereiro de 2011 a março de 2013 as duas empresas forneciam seus serviços alternadamente para locação de veículos e embarcações ao deputado federal Hugo Motta (PMDB-PB), que atualmente preside a CPI da Petrobrás, na Câmara dos Deputados.

Mensalmente, o deputado fazia pagamentos, através da verba de gabinete, de parcelas que variavam entre R$ 5 mil  e R$ 10 mil. Os valores somados chegam a R$ 230 mil, gasto com locação de veículos e embarcações. A empresa KMC Locadora, beneficiada com maior parte dos pagamentos, foi considerada “fantasma” pelo Ministério Público por não possuir nenhuma instalação no endereço onde deveria estar localizada.

Em um levantamento feito junto ao Detran-PE, descobriu-se que a empresa de locação de veículos possui apenas um carro. O blog do Ney Lima procurou a assessoria do deputado para comentar sobre as denúncias, mas não obteve retorno.

Blog do Magno

Comentários