Ex-secretário da gestão Maranhão é condenado por tragédia da barragem de Camará

0
64

O ex-secretário de Recursos Hídricos do Estado Francisco Sarmento, na gestão do ex-governador José Maranhão (PMDB) e a construtora GRE Engenharia Ltda foram condenados por improbidade administrativa pelo Ministério Público Federal (MPF), por irregularidades no processo de construção da barragem de Camará, no município de Alagoa Nova.

Sarmento negou a prática de qualquer ato irregular ou ilegal que caracterize improbidade administrativa em sua defesa apresentada no processo. Segundo o MPF, foram ignorados vários requisitos que devem ser observados em uma licitação.

Sarmento teve a suspensão dos direitos políticos por quatro anos, perda do direito a ocupar função pública  e terá de pagar uma multa cível, conforme sentença proferida pelo juiz Rodrigo Cordeiro, da 2ª Vara Federal. Ele deve recorrer da decisão, pois a ação ainda cabe recurso.

A barragem rompeu na noite de 17 de junho de 2004, deixando um saldo de cinco mortes e três mil desabrigados. As informações foram veiculadas pela radio CBN.

Comentários