Reprovação do governo Dilma supera Collor na época do impeachment

0
86

Com 71% de reprovação, a presidente  Dilma Rousseff (PT) registra as piores taxas desde Fernando Collor às vésperas de sofrer impeachment, quando o presidente somou 9% de aprovação e 68% de reprovação. Os dados da pesquisa Datafolha foram recolhidos entre terça (4) e quarta-feira (5), segundo o jornal Folha de S. Paulo.

No último levantamento, na terceira semana de junho, 65% dos entrevistados avaliavam como ”ruim” ou ”péssimo” o segundo mandato da presidente. Já aqueles consideram o governo de Dilma como sendo “ótimo” ou “bom” caiu, dentro da margem de erro de dois pontos percentuais, de 10% em junho para 8% na atual pesquisa.

No Nordeste, região na qual o PT costuma ter melhor desempenho, 10% dos entrevistados avaliaram o governo como “ótimo” ou “bom”. Já 66% consideram o governo “ruim” ou “péssimo”. O maior índice de reprovação, no entanto, foi visto no Centro-Oeste, onde 77% dos consultados avaliam o governo negativamente. Já no Sul e Sudeste, 73% avaliaram o governo como ruim ou péssimo.

Ao todo, 3.358 pessoas, com idades acima de 16 anos, foram entrevistadas pelo Datafolha em 201 municípios nas cinco regiões do Brasil. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%.

Comentários