Vereadora quer impedir debate sobre homoafetividade nas escolas do estado

0
42

A vereadora Elisa Virgínia se posicionou contrária ao ensino sobre gêneros sexuais nas escolas paraibanas. Ela revelou que irá implantar plano que proíbe o ensino pelos próximos 10 anos.

Para a vereadora, as crianças não estão preparadas para este debate. “O que eu mais tenho problema é com esse ativismo que quer doutrinar crianças. A questão da ideologia de gênero quase que entrava no Plano Municipal de Educação, graças a Deus a gente conseguiu articular que não entrasse. Nós não temos identidade de gênero nas nossas escolas pelo menos nos próximos dez anos”, declarou a vereadora

Eliza quer impedir, além do ensino nas escolas, qualquer tipo de manifestação, palestra ou curso que seja favorável aos casais de mesmo sexo. “Esse é o meu primeiro projeto que eu vou colocar agora em agosto, proibindo qualquer tipo de manifestação, cursos ou palestras sobre identidade de gênero. Nós não podemos permitir que nossos filhos sejam educados para decidir que não sejam menino nem menina e só decidam isso quando crescer, isso é um absurdo, isso é contra a biologia, é contra Deus, é contra a criação do mundo, e os pais podem ficar tranquilos o que depender de mim eu vou fazer até o fim, querer transformar nossas escolas em fábrica de homossexualismo isso aí eu não permito”, concluiu.

Comentários