Presidiário é morto a tiros ao deixar penitenciária média de Mangabeira, em João Pessoa

0
293
(Foto: Walter Paparazzo/G1)

Um presidiário de 36 anos que cumpria pena no regime semiaberto foi morto com um tiro no momento em que deixava a penitenciária no bairro Mangabeira, em João Pessoa, no início da manhã desta quarta-feira (6). Segundo a Polícia Militar, a vítima deixava a cadeia juntamente com outros cerca de 600 presos do regime semiaberto quando um homem surgiu do meio do grupo e atirou uma vez.

A vítima não resistiu e morreu no local. O suspeito foi visto fugindo em um motocicleta. De acordo com a Polícia Civil, a presidiário morto cumpria pena no regime semiaberto há cerca de três meses. Segundo o delegado Luiz Cotrim, de Homicídios, a vítima foi morta com quatro tiros quando se aproximava do carro para ir embora.

“O carro dele estava estacionado perto do presídio e foi no caminho até o carro que ele foi baleado por dois homens em uma motocicleta. Estamos fazendo exames de perícia e foi possível confirmar a princípio que foi usada uma pistola para cometer o crime”, explicou. O carro da vítima não foi encontrado no local e a polícia acredita que alguém se aproveitou do crime para roubar o veículo.

Ainda de acordo com a polícia, o presidiário tinha sido proibido de deixar o carro em frente ao presídio. Nilton Araújo Neto, de acordo com familiares, cumpria pena por porte ilegal de arma. O corpo foi encaminhado para Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol). Nenhum suspeito foi preso até as 7h38 de quarta-feira.

G1

Comentários