Ex-prefeita do Conde, Tatiana Lundgren, deve pagar R$ 1,4 milhão por desvio de bens e gastos não autorizados

0
125

A ex-prefeita do Conde, Tatiana Lundgren Correa de Oliveira, teve as contas de 2013 reprovadas nesta quarta-feira (30) pelo Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB). O débito de R$ 1.414.332,87 foi imposto à ex-gestora por desvio de bens e serviços, gastos não autorizados e despesas não documentalmente comprovadas.

A decisão de reprovar as contas da ex-prefeita ainda cabe recurso. O gestor do Fundo de Assistência Social do Conde também teve as contas reprovadas e deve restituir R$ 36.997 ao município. Outra conta reprovada foi a do gestor da saúde.

O TCE informou que Tatiana Correia não mandou defesa à sessão plenária do conselho que reprovou as contas dela nesta quarta-feira.

Outras contas reprovadas

A prefeita de Santana de Mangueira, Alto Sertão, em 2015 também teve as contas reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado da Paraíba. Já da cidade de Areial, Agreste do Estado, o prefeito de 2015 teve as contas reprovadas e deve R$ 18 mil decorrente do pagamento de subsídios ao então Chefe de Gabinete irregularmente ordenado durante o mandato.

G1

Comentários