Hospital da Unimed João Pessoa realiza novo transplante de fígado em paciente de 63 anos

0
106

O Hospital Alberto Urquiza Wanderley realizou mais um transplante de fígado. O paciente, um aposentado de 63 anos, passa bem e está internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), conduta padrão adotada após esse tipo de cirurgia. Referência em procedimentos de alta complexidade, o Hospital Alberto Urquiza integra a rede própria de atendimento da Unimed João Pessoa.

O transplante de fígado foi realizado na noite de terça-feira (15) e teve duração de seis horas, tempo considerado satisfatório para esse tipo de procedimento. O paciente foi assistido por uma equipe de 10 profissionais, chefiados pelo cirurgião do aparelho digestivo Cássio Virgílio Cavalcante de Oliveira.

O transplante de fígado é o procedimento mais complexo a que um ser humano pode ser submetido. O órgão transplantado foi coletado de uma mulher, que recebeu diagnóstico de morte cerebral.

Estrutura

O Hospital Alberto Urquiza dispõe de uma moderna estrutura para a realização de procedimentos de alta complexidade, como é o caso do transplante de fígado. Os pacientes e as equipes médicas e multidisciplinares têm à disposição um moderno Centro Cirúrgico, Centro de Diagnóstico por Imagem e seis Unidades de Tratamento Intensivo, entre outros serviços essenciais à realização de procedimentos de alta complexidade.

As equipes médicas incluem alguns dos maiores especialistas do Estado. Além disso, os investimentos na melhoria dos serviços e na segurança dos pacientes são permanentes. Como resultado, o Hospital Alberto Urquiza é o único da Paraíba que tem Acreditação com Excelência, um certificado de qualidade da rede hospitalar.

Pioneirismo

O Hospital Alberto Urquiza é pioneiro na realização de transplantes de fígado na Paraíba. O primeiro procedimento foi realizado no dia 8 de junho de 2004 e entrou para a história da medicina paraibana pelo pioneirismo.

A unidade também é responsável por outros marcos históricos na saúde da Paraíba. Entre eles, destacam-se o nascimento de quíntuplos, em 4 de setembro de 2003; o primeiro transplante cardíaco, em 23 de maio de 2004; e o primeiro transplante de rim, em 2 de outubro de 2009.

 

Comentários