Yuri Ramos, acusado de matar namorada na festa de aniversário dele, em João Pessoa, deixa o Presídio do Roger

0
221

Yuri Ramos Coutinho Nóbrega deixou o presídio do Roger, em João Pessoa, no início da noite desta terça-feira (15), após juíza titular do 2º Tribunal do Júri da Capital, Franciluci Rejane Souza Mota, conceder alvará de soltura.

A juíza determinou que Yuri está proibido de se ausentar de João Pessoa por oito dias, frequentar bares, ingerir bebida alcoólica e tem que comparecer aos autos do processo.

Yuri é acusado de matar a namorada com um tiro de espingarda durante uma festa em João Pessoa no dia 23 de julho.

Luanna Alverga morreu após ser atingida na cabeça pelo tiro, disparado durante a festa de aniversário do namorado na casa dele, no bairro do Roger, em João Pessoa. O jovem se apresentou à Polícia Civil no mesmo dia e confessou o crime, mas defendeu que o tiro foi acidental e que achou que a espingarda calibre 22 estava sem munição.

Yuri cumpria prisão preventiva desde que confessou o crime e o Ministério Público apresentou a denúncia contra o jovem no dia 7, quando também pediu a manutenção da prisão. Na denúncia, o promotor solicitou os laudos de exames realizados pela perícia no corpo da jovem, toxicológico e da reconstituição.

 

 

Comentários