Vereador denuncia embriaguez de anestesista em Cajazeiras

0
71

O vendedor Arlindo Dantas denunciou através das redes sociais, esta semana, a falta de atendimento na maternidade Deodato Cartaxo, da cidade de Cajazeiras. Segundo o denunciante, sua esposa Adriana Dantas foi internada no domingo (07), precisando passar por cirurgia de urgência, mas estava sem Anestesista.

Ele contou que após muito tempo a direção conseguiu um profissional, mas este estava com “sintoma de embriaguez”, entretanto a cirurgia foi realizada mesmo assim.
O denunciante revelou que após a cirurgia, Adriana ficou sentindo muitas dores, daí foi realizada uma ultra-sonografia e ela foi liberada, mas continuo na maternidade aguardando a alta do filho que estava encubado.

Arlindo Dantas disse que no dia 10 (sexta-feira), sua esposa ainda de queixava de muita dor, sendo realizada a segunda ultra-sonografia, onde foi detectado que a mulher estava com restos de parto deixado da cirurgia. Neste caso seria necessário fazer novo procedimento, porém, não era possível, pois a paciente não estava tomando medicação e havia recebido “alta médica indevidamente”.

1 2

Diário do Sertão

Comentários