Operação prende 20 pessoas com mandados de prisão por tráfico, homicídios e assaltos, em Bayeux

0
492

Uma operação das polícias Civil e Militar – através do Núcleo de Homicídios em Bayeux, da 5ª Delegacia Distrital e do Núcleo de Inteligência da 4ª CIPM – foi deflagrada na madrugada desta quinta-feira (20) a operação Pente Fino, com o objetivo de dar cumprimento a mandados de prisão oriundos da Comarca de Bayeux, na região metropolitana de João Pessoa. Até a publicação da reportagem, vinte pessoas foram presas. Alguns mandados foram cumpridos dentro de presídios.

De acordo com o delegado Pedro Ivo, as pessoas presas estavam com mandados de prisão em aberto sob a acusação de tráfico de drogas, homicídios, roubo e assaltos. As ações aconteceram em vários bairros de Bayeux.

Segundo Pedro Ivo, os presos são: 1. Alexandro Trajano Bezerra; 2. Lucivan Simões da Silva; 3. Rozélia Oliveira do Nascimento; 4. Severino Soares da Costa; 5. Gilberto Henrique da Silva; 6. José Wesley da Silva Paiva; 7. Rousiclei Menezes Rodrigues; 8. Dyego Ithalo da Silva Santos; 9. Euellyksandy Venâncio do Nascimento; 10. José Henrique Dias de Santana; 11. Danilo da Silva Santos; 12. Arsênio Pinheiro Soares (2 mandados); 13. Carlos Alexandre Gama de Oliveira; 14. Clóvis Pedro do Nascimento Júnior; 15. Vicente Lourenço da Silva; 16. Natanael Jackson Pereira da Silva 17. João Batista Fidélis 18. Adriano Pereira da Silva 19. Waldeílton Silva de Oliveira

Os integrantes das polícias civil e militar conclamam a população a continuar colaborando com os trabalhos desenvolvidos, especialmente a partir de ligações telefônicas para o disque-denúncia 197 e para o CIOP 190.

Ações em Bayeux

Somadas às Operações DURA LEX I e II, foram cumpridos mais de 60 mandados de prisão no Município de Bayeux nos últimos 30 dias, o que colabora para a manifestação constante da presença proativa das polícias na cidade e para a redução dos índices de criminalidade na região, a partir da diminuição do sentimento de impunidade.

Como resultado dessas e de outras ações, no primeiro semestre de 2017, houve redução no índice de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) em 37% (TRINTA E SETE) por cento, comparado ao mesmo período de 2016. O ano de 2016, por sua vez, já representou redução de índice em relação a 2015, e assim sucessivamente.

As ações foram coordenadas pelos delegados Antonio Magno Gadelha Toledo Delegado Seccional da 4ª DSPC,  Pedro Ivo Soares Bezerra – Delegado do Núcleo de Homicídios em Bayeux,  Luiz Eduardo Montenegro Delegado da 5 DD e capitão Sérgio Túlio.

 

Comentários