Polícia prende golpista que ostentava luxo e riqueza nas redes sociais

0
137

A estudante Ellen Cristina Abreu de Abreu, de 26 anos, foi presa na quarta-feira (28) suspeita de usar documentos falsos para adquirir um empréstimo de R$ 40 mil em nome de uma advogada. Segundo a Polícia Civil, nas redes sociais ela ostentava uma vida que não condizia com o seu poder aquisitivo. “Tenho direito de me divertir”, disse ela. Prisão aconteceu em Manaus

O delegado Marcos Paulo Graciano, titular do 24° Distrito Integrado de Polícia (DIP), disse que a jovem usou documentos falsos para obter o empréstimo e, em seguida, foi a uma agência bancária para transferir o valor. O gerente do banco achou estranha a movimentação e entrou em contato com a advogada.

“A suspeita foi até uma agência bancária onde a advogada já tinha conta e tentou abrir uma conta corrente. O gerente questionou alguns fatos que ela não soube responder e, diante disso, comunicou à Polícia Militar, e ela foi conduzida para a delegacia. Nós verificamos que nas redes sociais ela posta fotos em festas, viagens e se diz estudante sem renda, então é um padrão não condizente com o nível salarial que ela afirma ter”, explica o delegado Graciano.

Com a suspeita, a polícia encontrou RGs adulterados, comprovante de residência e extrato bancário da vítima. Ela foi localizada por volta das 16h de quarta.

Segundo a Polícia Civil, ela ainda usou o cartão de uma loja de departamentos da advogada e fez várias compras.

Comentários