Fotos íntimas da jornalista e ex-primeira dama da Paraíba vazam na internet e ela vai processar quem compartilhar

0
1735

Fotos da intimidade da jornalista e ex-primeira dama Pamela Bório vazaram na internet e foram publicadas por portais da Paraíba. Ela postou mensagem no instagram dizendo que quem compartilha as fotos está cometendo crime previsto na lei penal.

“Aos desavisados ou ignorantes, saibam que até quem compartilha comete crime cibernético e eu tenho recebido prints com fotos pessoais antigas cujas provas se enquadram na INFRAÇÃO PENAL E SEUS AUTORES serão acionados dentro da lei 12.737/2012, popularmente conhecida como “lei Carolina Dieckmann”, pois recebeu este nome em referência à situação sofrida pela atriz em maio de 2012, que teve copiadas de seu computador pessoal 36 fotos em situação íntima, que acabaram divulgadas na Internet – como ela, o rastreamento dos compartilhamentos está sendo feito. Assim, faz parte do aperfeiçoamento do Código Penal Brasileiro (Decreto-Lei 2.848 de 7 de dezembro de 1940), tipificando os chamados delitos ou crimes informáticos”, postou ela.

Na mensagem, Pamela questiona o motivo da divulgação. “Por que será que, logo agora, tais fotos da intimidade de um casal vazam após uma semana conturbada??? As atitudes de alguém falam mais que suas palavras. Se eu fosse pautada por retaliações… Já teria desistido de lutar por justiça assim que me sequestraram e me violentaram em 2015. Mas sou mãe, verdadeiramente vocacionada, e do meu filho não desistirei NUNCA. Até o último dos meus dias irei lutar em seu favor e não vai ser nenhum ASSASSINO de reputações que me parará. Sim, se essa era a intenção, foi mais um tiro no pé”.

Os Guedes

Comentários