Após rebelião com sete mortos e fuga, mais cinco menores fogem do Lar do Garoto

0
51

Uma nova fuga foi registrada na madrugada desta quarta-feira (7), no Centro Socioeducativo Lar do Garoto, na cidade de Lagoa Seca, no Agreste do estado.  Essa é a segunda fuga em menos de uma semana.

Segundo a direção da unidade, a fuga foi descoberta na manhã durante a recontagem dos garotos. O grupo teria serrado os cadeados, pularam o muro da unidade e os cinco conseguiram fugir.

A Polícia Militar foi acionada para fazer buscas pelos infratores e um deles teria sido recapturado.

No sábado (3), a unidade foi palco de uma rebelião onde sete morrerem carbonizados e esquartejados.  Durante o motim, seis conseguiram fugir do Lar do Garoto e apenas um teria sido pego.

Entenda o caso

Na madrugada do sábado (3), uma rebelião terminou com sete internos mortos e outros dois feridos no Lar do Garoto, unidade socioeducativa no Agreste da Paraíba. As vítimas foram espancadas e seis delas queimadas ainda vivas. Na rebelião 6 internos fugiram. Três jovens de 18 anos, que teriam sido identificados como sendo chefes do motim, foram transferidos para o Presídio Serrotão.

Segundo a Polícia Civil, a rebelião e mortes foram planejadas e coordenadas por quatro internos que já são maiores de 18 anos. Três deles foram presos em flagrante e saíram do Lar do Garoto para o presídio Raymundo Asfora (Serrotão), em Campina Grande.

De acordo com a direção do Lar do Garoto, após a rebelião foram encontradas facas, barras de ferro e espetos dentro do centro. Dos 25 quartos existentes no local, sete deles foram parcialmente destruídos. Os danos foram na parte elétrica, telhado e grades.

 

Comentários