Transexual é assassinada a pedradas após cortejar homem durante festa na Paraíba

0
60

Um jovem de 22 anos foi preso, na tarde desse domingo (26), suspeito de participar da morte de uma transexual, ocorrida durante a madrugada na cidade de Areia, Brejo paraibano, a 130 km de João Pessoa.

Segundo o comandante da Polícia Militar na região, major Pablo, o suspeito confessou que presenciou o assassinato, mas apontou um jovem de 24 anos como autor efetivo do crime. Ele foi identificado pela polícia, mas seguia foragido até a publicação desta matéria.

“De acordo com o jovem preso, a vítima teria se insinuado para o outro suspeito, que não gostou do assédio e agrediu a transexual até a morte. Ou seja, trata-se de um crime com motivação homofóbica. A ação teve apoio do suspeito preso”, disse o major.

Portal Correio

 

Comentários