Cunhado que matou soldado do Exército em João Pessoa é condenado a 15 anos de prisão

0
101

O jovem acusado de matar a tiros o soldado do Exército Brasileiro, Jonas Lima da Silva, de 18 anos, foi condenado a 15 anos de prisão. O crime aconteceu no dia 4 de maio de 2014, no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa.

O suspeito foi julgado pelo Tribunal de Júri da Capital. Jeferson Barbosa da Silva, de 21 anos, foi condenado nesta terça-feira (14), em júri popular. Jeferson cumprirá a pena inicialmente em regime fechado. Ele foi condenado pelos crimes de homicídio com motivo fútil e sem chance de defesa para a vítima.

A namorada do soldado do Exército, que é irmão do condenado, confessou que o crime foi cometido por um irmão dela. O soldado estava na casa da namorada quando foi atingido por dois tiros. O jovem ainda chegou a ser levado para o Hospital de Trauma de João Pessoa, ele já estava inconsciente e não resistiu aos ferimentos.

À época, a adolescente de 16 anos, com quem Jonas namorava há um ano e dois meses , contou que acredita que seu irmão agiu motivado por inveja. Ela disse que o clima entre ele e o namorado estava normal na noite do crime.

Comentários