Professor da UFPB suspeito de usar diplomas falsos é identificado; ele tem livros e artigos publicados

0
179

O professor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) suspeito de usar diplomas falsos para comprovar seu currículo foi identificado como sendo David Redson Melo dos Santos. Ele lecionada há dez anos na UFPB, em João Pessoa, e a há seis era professor do curso de Ciências das Religiões. A casa dele no bairro de Miramar foi alvo de investigação.

Segundo a Polícia Federal, todos os diplomas foram recolhidos durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão. O professor foi afastado da sala de aula pela universidade. A PF disse que os diplomas apresentados são de que o professor teria cursado graduação em uma faculdade particular no Ceará, feito mestrado na unidade estadual do Ceará e doutorado na Noruega. Esses diplomas, conforme divulgado pela TV Cabo Branco, seriam falsos, segundo a PF.

A advogada do professor, Kátia Farias, disse que os diplomas são legítimos e tudo será provado durante as investigações da legalidade dos documentos. “Vamos comprovar através de fotos e documentos que os diplomas são verídicos. Isso foi mais uma denúncia anônima infundada”, disse.

No curso de Ciências das religiões, o professor é reconhecido pelo trabalho desenvolvido no Centro de Educação e já coordenou a pós-gradução do centro com um bom conceito. Ele também escreveu livros e artigos reconhecidos nacional e internacionalmente, conforme Wilson Aragão, diretor do Centro de Educação da UFPB.

A UFPB informou por meio de sua assessoria que foi informada da investigação sobre a falsificação de documentos por parte do professor ainda na segunda-feira. De acordo com a assessoria, o processo foi encaminhado para o procurador da UFPB e uma medida administrativa foi iniciada na Reitoria de Gestão de Pessoas.

Segundo a UFPB, a medida administrativa foi tomada para que a relação profissional do suspeito seja suspensa até a situação ser esclarecida.

 

Comentários