Preso que atirou e matou policial civil dentro de delegacia seria integrante do PCC, diz secretário

0
46

O preso acusado de ter matado um agente da Polícia Civil, dentro da Delegacia de Homicídios de Patos, na manhã deste domingo (29), havia sido detido pela Polícia Rodoviária Federal.

A informação inicial, divulgada pelo secretário de Segurança Público do Estado, ao Portal MaisPB, é de que o homem teria ligação com o Primeiro Comando da Capital (PCC) e é suspeito de integrar uma quadrilha que agia em assaltos a bancos.

O secretário afirmou, ainda, que o superintendente da Polícia Civil no Sertão, delegado André Rabelo, se deslocou até Patos para apurar como o crime ocorreu.

“Ainda estamos no aguardo da versão oficial. O superintendente regional estava em Cajazeiras foi para o local para confirmar o que teria acontecido”, disse.

O caso

Um agente da Polícia Civil, conhecido como Klaus, foi assassinado a tiros na manhã deste domingo (29), dentro da Delegacia de Homicídios de Patos, Sertão do Estado. O crime foi praticado por um homem que estava preso delegacia.

Mais PB

Comentários